Palavra do Presidente

presidente

Dia Nacional dos Gráficos

Comemoramos neste mês o Dia Nacional do Trabalhador Gráfico, celebrado em 07 de fevereiro. Esta data foi escolhida em homenagem aos Trabalhadores que fizeram um movimento grevista de grandes proporções em 1923. Por mais de quarenta dias eles lutaram por melhores salários e condições de trabalho.

Em 1858, os Tipógrafos do Rio de Janeiro fizeram a primeira Greve no Brasil, se rebelando contra as injustiças da época. A paralisação de 1858 coloca os Gráficos na vanguarda do movimento operário no Brasil, pois foi a partir desseacontecimento que se vislumbrou um horizonte de conquistas e de maior participação dos Trabalhadores no cenário Nacional.

Para exercer a profissão, o Gráfico precisa no mínimo saber ler e escrever, condição que desde o princípio faz da categoria uma das mais conscientes sobre seus direitos. É de nossa categoria o primeiro registro de organização sindical.

Num exercício de reflexão, pode-se afirmar que os Gráficos, ao lado dos jornalistas, escritores e demais produtores de conteúdo, cuidam de registrar a história e colaboram para que a sociedade se mantenha informada.

Difícil imaginar alguma atividade cotidiana que não tenha.